Calendário PIS Empresa

O Programa de Integração Social, conhecido pela sigla PIS, é uma tributação com fins sociais. O foco dessa tributação é financiar o pagamento do seguro-desemprego e do abono salarial. A Lei Complementar 7/1970 criou PIS. O Programa é destinado aos trabalhadores das empresas privadas.

As empresas são as responsáveis por enviar as informações de seus colaboradores para a Caixa Econômica Federal. As informações necessárias devem ser levantas pelas empresas empregadoras. Um dos dados mais importantes nesse processo é o número do PIS. Todos os funcionários em regimes de CLT de uma empresa devem estar cadastrados.

Calendário PIS para Empresa

Calendário  PIS Empresa


Abono salarial – Um benefício do PIS

O abono salarial é um dos benefícios do PIS. Os trabalhadores com ao menos cinco anos de cadastro no PIS, que tenham trabalhado 30 dias no ano anterior – esses dias podem ser consecutivos ou não – e que nesse período tenham recebido até dois salários mínimos em média por mês têm direito ao recebimento do abono salarial.

Saiba mais sobre o Abono Salarial.

O calendário de pagamento do abono salarial do PIS é divulgado anualmente pelo governo. Em 2015, para realizar economia, o governo vai atrasar o pagamento. E alguns trabalhadores só poderão sacar o benefício no início de 2016.

Outros benefícios do PIS para Empresa

Os trabalhadores da iniciativa privada cadastrados no PIS até 04 de outubro de 1988 recebem cotas dos seus rendimentos. De acordo com a Caixa Econômica Federal, a solicitação de saque pode ser feita em qualquer período. Esse saque não tem relação com o calendário do PIS divulgado para pagamento do abono salarial.

Saque do PIS

Para realizar o saque do PIS, os requerentes precisam cumprir alguns requisitos. A aposentadoria, invalidez permanente ou reforma militar, transferência de militar para a reserva remunerada, idade igual ou superior a 70 anos, morte do participante, titular ou dependente portador do vírus HIV, titular ou dependente portador câncer e benefício assistencial à pessoa portadora de deficiência e ao idoso, são estes requisitos.

Para realizar o saque do PIS, o contribuinte precisa apresentar o número do PIS, documento de identificação e documentação que comprove o direito ao saque.

Os trabalhadores que não sacaram o saldo de cotas têm direito aos rendimentos do PIS. Para este saque, o trabalhador deve acompanhar o calendário de pagamento. Se não houver saque, o valor será incorporado ao saldo de cotas.

Deixe um comentário!

comentários