Benefício Social PIS

Benefício Social PISO Benefício Social PIS (Programa de Integração Social) é uma contribuição tributária feita em cima da renda bruta mensal das pessoas jurídicas e também em cima de 1% da folha salarial de organizações sem fins lucrativos.

A função do PIS é financiar benefícios para o trabalhador, como o seguro-desemprego e o abono salarial. O PIS traz uma série de benefícios e para acessá-los é necessário ser cadastrado pelo empregador em sua primeira admissão, para que fique de acordo com as regras. O pagamento do PIS fica sob a responsabilidade da Caixa Econômica Federal.

Benefício Social PIS: Seguro-desemprego

Um dos benefícios do PIS é o seguro-desemprego, que garante a assistência ao desempregado. Para ter direito ao benefício é necessário ser trabalhador formal ou doméstico e não ter sido demitido por justa causa, ser trabalhador que teve seu contrato suspenso em virtude da participação de cursos ou aqueles trabalhadores que estavam em situação semelhante ao trabalho escravo. O pagamento do seguro-desemprego é feito em, no máximo, cinco parcelas. Os valores são variados e levam em conta o salário médio.


Benefício Social PIS: Abono Salarial

Outro benefício do PIS é o abono salarial, que consiste no pagamento de um salário mínimo de acordo com o calendário anual estabelecido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT). Há alguns requisitos necessários para que o trabalhador tenha direito ao abono e um desses requisitos é estar cadastrado no PIS há, no mínimo, cinco anos. Outro requisito é, durante o ano-base, ter tido rendimento médio mensal de até dois salários mínimos. Assim, é perceptível que outro requisito o exercício de atividade remunerada.

abono salarial
Ainda com relação ao abono, deve-se prestar atenção ao calendário de pagamento, já que este é feito no mês do aniversário. O saque do benefício com o Cartão Cidadão pode ser feito de três formas: na casa lotérica, nos caixas eletrônicos das agências da Caixa Econômica ou nos correspondentes Caixa Aqui. Sem o cartão, é necessário ir até a Caixa com um documento de identidade. Se você possui uma conta individual na Caixa, o benefício é depositado lá, mas o saldo tem deve ser acima de R$ 1,00. Se você tiver dúvidas, contate a Caixa Econômica.

Deixe um comentário!

comentários